segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Como lidar com a sensibilidade?

Eu sempre fui uma pessoa sentimental, mas nunca me senti tão vulnerável quanto esse final de semana. Embora eu não coloque uma gota de álcool na boca há mais de um mês, o sentimentalismo aflorou como se eu tivesse entornado uma garrafa de vodka. Dez vezes pior do que uma TPM daquelas. Fiquei completamente descontrolada.

Em um momento, estava explodindo de felicidade. Bastou algo completamente idiota para me tirar do prumo completamente. Fiquei irritada, chorei, briguei com o namorado, chorei, enjooei, quis sumir, dormi, passei mal, chorei, dormi, sonhei e acordei me sentindo ridícula pelo papelzinho que todos os meus hormônios me fizeram protagonizar. Como assim eu me deixei levar por algo tão insignificante?

Fomos convidados para um churrasco. E pronto. A onda sentimental voltou novamente. O que eu vou comer? O pior é que só o cheiro da carne me deixa com água na boca. Mas comer um pequeno pedaço me faz enjoar por um tempo considerável. Nesse caso, a gula não vale a penitência. Ai que raiva de mim, desse estado! Não quero dar nenhum tipo de trabalho para as outras pessoas. Não gosto de ser a fresca diferente! AAAAAHHHHHHHHHHHHH!

Sinceramente, ainda não estou conseguindo lidar com tudo isso. Demorei 25 anos para conseguir controlar meus instintos sentimentalistas! Como faço para lidar com todo esse turbilhão em menos de 1 mês?

2 comentários:

  1. não faz, flor. aceita. é mesmo um turbilhão de emoções. permita-se viver esses 'momentos descontrol'. eles também fazem parte da vida. bjo
    Paloma e Isa

    ResponderExcluir
  2. florzinha da minha vida! Você tem que aprender a se respeitar nesse momento da sua vida... são tantas descobertas, tantas mudanças... Viva isso e não se questione e nem se cobre tanto. e daí que vc vai ficar numa tpm master por 9 meses??? Estaremos aqui pra encher vc de mimo, carinho, atenção e mto sorvete com calda caramelada de banana!

    ResponderExcluir