quarta-feira, 4 de abril de 2012

Mercado de trabalho: eu estou voltando!

Minha antiga chefe me falou: Não fique mais de 6 meses fora do mercado se não quiser ser excluída dele. E eu já estava há longos  10 meses com a minha pequena que, apesar de terem sido deliciosos, sentia que chegava o momento de sair em busca de oportunidade.


Eu cheguei a falar em vários momentos que este é um processo realmente difícil. Sem dinheiro para colocá-la na escola, como fazer para ir em entrevistas de emprego, sem ter alguém com quem ficasse com ela?


Mandei meu currículo despretensiosamente para algumas empresas. Muitas sequer me responderam ou me contataram para falar sobre o processo seletivo. Quando me contatavam, me ofereciam um salário tão ridículo que não valia a pena sair de casa - eu acabaria pagando para trabalhar.


Finalmente, perdi as esperanças de voltar ao mercado como jornalista e então, como contei aqui, resolvi seguir um rumo diferente. Até estava dando certo, quando um amigo querido me indicou para uma vaga em um lugar em que eu já havia trabalhado.


Esse volta ou não volta está rolando desde novembro passado e, sinceramente, não tinha muitas esperanças. Mas ontem, uma ligação fez meu dia e semana que vem, volto ao trabalho.
Estou num misto de sentimentos contraditórios: uma alegria tremenda por sair de casa versus uma tristeza profunda em deixar de ficar o tempo todo com a Amelie. Já comecei a me preocupar com a escola: será que os amiguinhos vão bater nela? será que ela saberá se defender? Será que ela pensar que eu a abandonei?


Enfim, são tantos pensamentos tolos, afinal, a Amelie está super esperta e falante. Começa a adaptação na escola hoje - com direito a lancheira, uniforme e material didático, pode? Vai fazer novos amigos e aprender coisas incríveis! E eu eu voltarei a ter vida social e deixarei para trás essa minha cara de lavadeira!!!! Mas sentirei falta dos carinhos dela durante o dia...


Vou deixando vocês informadas sobre esse  ciclo que se inicia em nossas vidas! Que venha o novo!!!!!

4 comentários:

  1. Que legal Isis!!!
    A Amelie vai ficar super bem na escolinha. É isso mesmo que vc disse: ela está em outra etapa da vida, vai fazer novos amigos e descobrir a vida fora de casa.
    Boa sorte pra vcs!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Isis!!!! Parabéns pela nova etapa. No começo vai ser difícil - não vou mentir, mas vcs de acostumam. Amelie vai adorar ir pra escolinha, conhecer novos amiguinhos, vai fazer um bem danado pra ela. Imagine que eu deixo meu Ben desde os cincos meses..... Ele adora, fico tranquila quando vejo a carinha de alegria quando o deixo com a tia. E quando vc for buscá-la, ah..... Não nada melhor no nosso dia ver aquele sorriso de abrindo pra nós....
    Vai lá, seja forte e muita boa sorte pra vc! Estou torcendo por ti.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. QUEDE foto dela voltando pra escola, hein????
    Sucesso, amiga! Vc merece e MUITO! poucas profissionais são tão competentes, dedicadas e compromissadas como vc!
    Vá à luta e seja feliz! Vc merece!!!

    ResponderExcluir
  4. Zi, que notícia boa seu retorno ao mercado de trabalho! Boa sorte nessa nova fase de sua vida profissional! Sabemos que, cedo ou tarde, com você voltando ao mercado de trabalho ou não, Amélie iria voltar para a escolinha, por isso, não se preocupe (muito) quanto a isso! São etapas da vida! Ela é novinha e vai se adaptar com tranqulidade, pode apostar! E ainda vai poder comemorar os dois aninhos naquelas festinhas realizadas na própria escolinha, apenas com os amiguinhos da turma, que hoje são 'novos', mas no aniversário dela serão 'antigos'... sem contar que, antes disso, vem o Dia das Mães, data em que certamente a escolinha vai preparar algo agradável para as crianças e suas mamães. Você sabe que deixamos Theo na escolinha desde os oito meses de vida, em período integral, devido a restrições da 'vida moderna'. Por nós, mais precisamente por minha mulher, ele ficaria apenas meio período, ou, no máximo, até 15h, mas isso ainda não aconteceu. O fato é que isso parece ser uma preocupação exclusivamente nossa (ou dela!), mas, de modo algum, é preocupação dele: até hoje ele jamais deu sinais de que gostaria de ficar 'menos tempo' na escolinha... pelo contrário, ele adora! A vida social dela vai se desenvolver mais do que você pode imaginar, não se preocupe! E é até bom que o retorno dela à escolinha venha acompanhado de seu reingresso ao mercado de trabalho, porque as despesas extras começarão a surgir... rs...rs...rs... aniversário toda semana (portanto, presentinhos), programas e passeios escolares (tipo Disney on Ice), presentes para mamães e papais, enfim, tudo aquilo que nos cerca e que proporcionamos aos nossos filhinhos com o maior prazer! A única coisa que me 'preocupou' foi você dizer que seu 'novo' emprego é um emprego pelo qual você já passou... não é nada ligado a AI, né? Por favor, diga que não! rs...rs...rs... Bjs, Gui

    ResponderExcluir