quinta-feira, 5 de abril de 2012

Adaptação escolar - dia 1

Pensem em uma semana atribulada. Pois a minha está muitíssimo complicada! 


No dia em que me ligaram da empresa para me fazerem a proposta de emprego, meu irmão também me ligou para contar que minha mãe havia sido internada com pneumonia. Pronto, já fiquei apavorada, preocupada, ansiosa para vê-la o mais breve possível.


Como eu já estava na escola resolvendo as burocracias de matrícula, compra de material e uniforme, terminei tudo com calma, fui para casa da minha avó (mãe da minha mãe) para contar para ela o que estava acontecendo e tecer um plano de ação. Ficou decidido que eu dormiria com ela no hospital e lá fomos nós organizar o maior plano de logística para que tudo desse certo.


Levei a pequena para dormir na minha sogra, afinal, não sabia a que horas chegaria do hospital e meu marido sai antes das 7h da manhã para trabalhar.


Fui para o hospital passar a noite com mamis (que está estabilizada, sem maiores riscos, graças a Deus!). Mas se eu dormi umas 2 horas foi muito. Cheguei em casa podre, mas estava tão ansiosa com as coisas pra fazer que não consegui descansar. Arrumei a casa, separei uns documentos e esperei a pequena, que só chegou em casa ao meio dia!


Ela estava super cansada, pois ficou brincando a manhã toda com os avós. Tirou um cochilo e assim que acordou, a levei para a escola. 


Segundo as prôs - ela tem 5: duas na parte da manhã e três a tarde - ela chorou na primeira meia hora. Depois brincou com os amigos, dançou na sala, socializou toda bonita, comeu o lanchinho que mandei e pronto! Eu apareci para buscá-la. Ela ficou apenas 2 horas, que foi o combinado com a coordenadora pedagógica.


Mas partiu meu coração a hora que ela me viu. Me abraçou forte e, meio soluçando, me chamou. Haja força! 


Daqui a pouco ela acorda e lá vamos nós novamente! Espero que hoje ela fique melhor!


Ah, e quando a gente pergunta pra ela o que tem na escola de mais legal, sabe o que ela responde? "Amigos, mamãe!"
Não é de morrer de fofura?



Um comentário:

  1. Que bom que a mamy está bem...
    E que bom que as coisas estão se ajeitando...
    Mesmo assim, parte nossos corações vê-los indo para a escolinha... eu sei!!!
    Bjs e melhoras para a mamys....

    ResponderExcluir