quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Mãe-baranga


Não sei quanto a vocês, mas quando eu fiquei grávida, já no primeiro mês, quase nada do meu guarda roupa me servia. Sabiamente, dobrei tudo e coloquei as peças em grandes caixas, que ficaram escondidas até que eu achasse que a maioria das roupas voltasse a servir – não queria correr o risco de ter um surto depressivo, me achando uma baleia ambulante.

Porém, para minha surpresa, quando eu abri as caixas, nada daquilo que eu vestia na pré-maternidade me agradava. Descobri que minhas roupas eram de uma pseudo-piriguete, que queria chamar atenção, mas sem parecer muito vulgar.

Minhas roupas ou eram apertadas ou curtas demais ou decotadas demais. Colocar um vestido curto e decotado seria um matricídio para mim e, portanto, ainda são as roupas de grávida que fazem a minha cabeça. Minhas blusas largas e calças idem me deixam confortável mas, obviamente, me fazem parecer uma maltrapilha, que aceitou as roupas de uma prima muito maior.

Já comprei uma peça aqui e outra ali, mas a verdade é que a falta de grana tem me impedido (de leve) de renovar meu guarda roupa totalmente. E aí, desde que parei de trabalhar, tenho evitado olhar no espelho.

Só que hoje eu quase caí para trás. Estou o cúmulo da baranguice. Definitivamente preciso de um corte de cabelo, uma hidratação e uma boa progressiva na franja (porque mamãe me fez com um cabelo que mastiga bem na frente, saca?). Preciso ir à manicure, tirar a sobrancelha e comprar novas maquiagens.

Preciso de sutiãs powers (porque eu ainda estou usando os que comprei quando estava amamentando e isso deixa meus seios, ou o que sobrou deles, meio tristes). E tudo isso precisa ser feito para ontem, pois eu não quero me tornar uma mãe baranga. Não mesmo.

3 comentários:

  1. Risos....
    Acho que isso vale para nós duas!!!
    Muitas vezes me olho no espelho e me vejo assim... precisando de roupas, manicure, cabelereiro e outras cositas mais!!!
    Amiga... mesmo que aos poucos vá se ajeitando... faz bem para o ego!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. estou amamentando (meu baby tem 2 meses) e ainda não voltei ao meu peso (faltam 5 kg). então... sutian rédiculo e poucas roupas servindo. ai...

    bjbjbj

    http://maeporacaso.spaceblog.com.br

    ResponderExcluir
  3. É isso aí! Não é porque virou mãe que tem que parar de se cuidar. Sobra menos tempo, falta grana, mas sempre é possível dar um jeitinho. bjo
    Paloma e Isa

    ResponderExcluir