terça-feira, 16 de agosto de 2011

Loucuras da adaptação e o maior mico da blogsfera



Preciso confessar que os últimos meses não têm sido fáceis para mim. Tenho passado por um processo estranho de adaptação que me faz ter surtos verborrágicos - às vezes ininteligíveis. 


O resultado é que eu pareço uma doida, vagando pela casa assim que a Amelie tira uma soneca, sem saber por onde começar : tomo banho? lavo louça? lavo roupa? sento no sofá e tiro uma pestana também?


 Além disso, o trabalho me faz uma falta danada. Não é só por causa do dinheiro (que também ajuda), mas a convivência social com pessoas diferentes é algo mágico para mim. Ter conversas que diferem de assuntos relacionados à maternidade é algo cada vez mais raro na minha vidinha. Claro que há também aquele pensamento feminista maldito de que eu não posso depender de um homem para me sustentar. 


Enfim, o caos se instalou na minha cabeça. E para piorar, tive um momento KING KONG que, só de lembrar, me dá vergonha. Foi assim:


Fiz um frila para a Crescer de agosto (corre e compra! tem duas matérias minhas!!!). E uma das matérias pedia uma entrevistada que fosse super comprometida com ações de sustentabilidade. Acontece que nessa imensa blogsfera, há inúmeros blogs de mamães sustentáveis e escolhi uma blogueira que acho que se encaixava perfeitamente no perfil que a editora pediu. 


Pois bem. Trocamos e-mails, fiz a entrevista e fim de papo.


Aí, num dia particularmente caótico da minha vida, eu entrei no Minha Mãe que Disse (já disse que eu AMEI esse site?), vi lá um post dessa mesma pessoa (não vou falar quem é para não aumentar minha vergonha, ok? rs) e sabe quando o texto parece ter sido escrito para você, naquele momento da vida?Pois bem... Em meio a minha afobação, acabei  mandando um e-mail desabafo para ela na esperança de que ela me respondesse e dissesse palavras bonitinhas. Nem preciso dizer que ela não respondeu, né?


Para PIORAR a situação, a revista saiu e cadê o texto que eu fiz com ela? A editora não usou. hahahahahahah Jesus me chicoteia. Ela deve ter achado que eu puxei o maior papinho sem vergonha só para falar um monte de baboseira depois. Ai Deus.


Bem, essa fase já está mais afastada desse corpinho. Mas a luta é diária minhas amigas!!! rs



2 comentários:

  1. hahahahahahahahahahaha
    Eita amigaaa
    Saudade de vc. Vamos nos ver...
    Beijos e te amo sempre...
    Tati
    http://blogdatatifanti.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. só você mesmo, Zi! que história hahaha
    beijão

    ResponderExcluir