segunda-feira, 1 de março de 2010

A pior inimiga

Toda pessoa tem um inimigo. Não adianta afirmar seu puritanismo, espiritualismo ou qualquer coisa que o valha. No fundo, você tem alguém, ou algo, que deseja destruir, picar ou explodir.

No meu caso, a pior inimiga tem sido a balança. Ao ver que os ponteiros (ou os números do visor digital), ultrapassaram a marca dos saudáveis 0,5kg por mês, as desculpas começam a jorrar como cascatas. “Ah... Mas hoje eu to de tênis e jaqueta jeans”. Não babe. Não se iluda. Esses dois itens juntos nunca ultrapassariam os quase 7 quilos que você engordou durante sua jornada até o 6º mês.

No começo eu ia bem. Emagreci 2 quilos e, enjoada, não conseguia comer as coisas direito. Mas agora eu sinto fome. E, embora não coma nenhuma porcaria, a balança insiste em delatar meu excesso de gostosura. Ou, como eu gosto de dizer, minha falta de altura.

Eu estou com joelho de gordinha, minha pança (sim, porque um abdômen é totalmente diferente) deve ter mais de um metro de circunferência, meus seios já preenchem um sutiã 48, meus anéis antigos não me servem. Não sou celebridade, não era absurdamente gostosa antes de engravidar (tinha lá meus atributos), não tenho um esteticista à minha disposição e não tenho tempo para fazer exercícios. Se eu continuasse fininha, seria uma em um milhão. Médicos iam querer estudar meu caso. Já imagino até a manchete no Discovery Channel: A grávida que come e não engorda!!!!! (tipo a Gisele Bündchen que, grávida, mais parecia uma lombriga com uma melancia na barriga)

Mesmo com os quilinhos a mais, tenho me achado linda. Desde que engravidei, me olho no espelho e fico satisfeita com minha aparência, mesmo que mais robusta. Agora eu preciso me preparar para a próxima consulta com o obstetra (que acontece nesta quinta-feira), onde terei que enfrentar minha atual pior inimiga mais uma vez. Talvez se eu chegar de bom humor e levar um chocolatinho para o médico, ele se convalesça e perdoe o deslize de uma grávida gordinha, porém feliz.


PS: Antes que eu me esqueça. Uma das minhas resoluções de ano novo é ficar realmente gostosa. Daqui 16 semanas eu me preocupo em comer folha e praticar levantamento de bebê!;)

4 comentários:

  1. Ai querida, pelo menos vc tá grávida, eu engordo bem mais que os 0,5kg mês sem ter nenhum filhinho no ventre...hihihi

    ResponderExcluir
  2. você vai perder tudo rapidinho. a maratona bebê não deixa peso extra pra ninguém...hehehe...bjo
    Paloma e Isa

    ResponderExcluir
  3. Esse blog tá uma verdadeira fofura, meu amor!
    arranca da gente vários sorrisinhos gostosos!


    saudades de ti!
    e relaxe... vai ficar cada dia mais linda de morrer!
    beijo enorme!

    ResponderExcluir
  4. Oi Zi!!

    Como sempre muito bem descrito! Essas fases são deliciosas né? Confesso que agora, com o segundo bebê, não consigo me concentrar tanto nos detalhes... triste né?! Nem foto de mês a mês estou tirando!!

    Mas vou me corrigir...rsss... ler seus posts me inspira!

    Você deve estar lindamente redonda... aproveite, é a única fase em que se pode e se é feliz por ser "fofucha"!!

    Bjs Ci

    ResponderExcluir