terça-feira, 27 de maio de 2014

Como os bebês foram parar aí?


Sexo é algo natural e saudável, certo? Quando feito com amor, então, não há o que se discutir, concordam? Então alguém me explica porque foi que eu fiquei paralisada com a fatídica pergunta: "Mamãe, como é que os bebês foram parar aí dentro?"

O questionamento veio de bate pronto. Acho que já fazia alguns dias que ela estava pensando sobre isso e,  como não encontrou nenhuma resposta sozinha, resolveu jogar a batata quente na minha mão. Claro que eu sabia que isso ia acontecer mais dia, menos dia. E eu realmente achei que teria a resposta na ponta da língua! Ledo engano.

Eu travei. "Oi?" Ela repetiu a pergunta e ainda adicionou: "Você não engoliu eles, né?". Bem, não, eu definitivamente não engoli nada. "Pai? Me ajuda nessa??". E o pai - que eu sempre achei que empacaria numa dessas situações - tirou de letra:

"- Ah, filha. Foi papai que colocou eles aí dentro. Eu tinha umas sementinhas, que só funcionam com beijo. Aí eu plantei as sementes e pimba! Eles estão crescendo". E saiu. 

"Ah, entendi. Que nem a gente planta cenoura, né mamãe?" (ela estava com projeto de horta na escola e plantou cenouras. Obrigada, prô!). 

"Isso, filha. Igual a gente planta cenoura". UFA!

3 comentários: