terça-feira, 4 de outubro de 2011

Coisas de Amelie: 1 ano e 4 meses


Cada dia que passa fica mais claro que eu já não tenho mais um bebê em casa. A pequena Amelie dá sinais de que a independência é o novo pretinho básico e corta o meu barato de mãe coruja muitas e muitas vezes por dia.

Ela já escolhe o que quer vestir, principalmente os calçados. Tem seu tênis preferido e gosta de ficar com eles mesmo estando em casa. Outro dia cismou que queria sair de mini havaianas (que são charmosas ao cubo!!!) e  mostrava seus chinelos lilás para qualquer pessoa que mexesse com ela.
Tá me dando o maior trabalho para comer. Eu não deixei de cozinhar legumes, oferecer verduras. Mas quando eu chego com o pratinho faz cara feia e, muitas vezes, cospe o que estou oferecendo. Aliás, aceito sugestões de como lidar com isso!!

Perdeu uma das duas sonecas diárias. Até duas semanas atrás eram dois deliciosos cochilos: um depois do almoço e outro ao cair da tarde. Agora – se muito – ela tira uma pestana no meio da manhã.

Temos ido ao parquinho todos os dias. Ela tenta fazer amizade com as crianças mais velhas – que nem sempre são simpáticas e educadas. Já levou uns dois safanões e está aprendendo que nem todo mundo é super legal. Outro dia arrumou uma amiguinha 1 ano e meio mais velha. Andaram de mãos dadas, recolheram folhas secas e curtiram uma gangorra juntas. O máximo!

Definitivamente, descobriu como me manipular. Direitinho! Chora, faz charme e ás vezes faz uma birra que me tira do sério! Como pode uma criança que mal completou um ano ter um gênio tão difícil, meu Deus?

Em compensação, ela é muito carinhosa. Faz carinhos e “conversa” um bocado. As novas palavras são: Boa noite (que soa mais ou menos como “boite”), verde (vedi) e, de vez em quando, repete uma ou outra palavra esdrúxula que ouve por aí. Mas entende absolutamente tudo o que a gente fala pra ela. Hoje, conseguiu apontar em uma folha cheia de ilustrações, os bonequinhos que usavam óculos – sem que a gente apontasse para eles antes. (o pai usa óculos!)

E não canso de dizer o quanto seu desenvolvimento me impressiona, me agrada e me orgulha!!!

2 comentários:

  1. Que linda... meninas... risos...
    Desde de pequenas já demonstram suas escolhas...
    Aqui em casa, tenho um menino lindo, e graças a Deus, não me dá trabalho para comer...prova tudo....
    Bjokas

    ResponderExcluir
  2. hahahahahaha
    Se vc descobrir como lidar com um gênio difícil, me conta...pq a Madu tá ossoooooo!!!

    ResponderExcluir